As viroses e as estações do ano

bacterias

Você já reparou que, junto com cada nova estação do ano, aparece também a indesejável virose de início de estação? Virose não é um diagnóstico, mas uma palavra usada para representar um conjunto de sintomas que indicam que o seu corpo se encontra em desequilíbrio e que tem muita gente ao redor na mesma situação.

Na verdade, o aparecimento de uma virose no começo de uma estação indica que você se comportou em desacordo com a estação anterior e que a sua energia ainda não se adaptou à frequência da estação que acaba de iniciar. Cada estação do ano pede um comportamento físico, emocional e alimentar que devem estar de acordo com a toda energia da estação vigente e é esse comportamento que vai determinar se mudaremos a nossa energia junto com a natureza na chegada da nova estação, ou se vamos demorar a nos adaptar, sofrendo com isso os sintomas dessa desarmonia (virose).

O verão (elemento fogo) é uma estação quente, Nesse período do ano, temos frutas como abacaxi, melancia, maracujá, manga, laranja, limão, ou seja, frutos cheios de água para equilibrar o calor e a secura da estação. Verão pede agitação, movimento. Devemos ir à praia, praticar esportes, sair nas ruas… Os desequilíbrios do verão aparecem quando adotamos um comportamento contido e nos alimentamos de alimentos de natureza quente.

No final do verão e início do outono (canícula ─ elemento terra), devemos comer mais raízes (cenoura, inhame, beterraba, aipim) para recuperar e fortalecer o nosso sistema digestivo. Esses alimentos assentam a nossa energia, proporcionando-nos uma maior estabilidade física e emocional, preparando-nos para o inverno que se aproxima.

quatro_elementosO outono (elemento metal) chega trazendo frutos ainda frescos, porém um pouco mais quentes do que os frutos do verão. Encontramos com facilidade abacate, banana, caqui, goiaba e a maçã, entre outras delícias. As frutas são mais cremosas do que líquidas, nutrindo de forma mais consistente o nosso corpo. É um período de limpeza. Devemos limpar nossa casa, selecionar melhor nossos relacionamentos  e cuidar ainda mais da nossa alimentação, que deve ser a mais pura possível para deixar o nosso organismo limpo para enfrentar a contenção do inverno. As viroses na mudança dessa estação servem para limpar o corpo e é muito comum aparecerem com diarreias e vômitos, despejando para fora tudo o que não presta.

O inverno (elemento água)  pede introspecção. Toda a nossa energia é voltada para dentro. No inverno encontramos o morango, o caju e a maçã. Em locais mais frios, temos as nozes, a avelã e as castanhas. Os frutos do inverno são carregados com uma energia mais quente para que possamos gerar mais calor nessa fria estação. Devemos sair menos e priorizar programas a dois, ingerir bebidas quentes e comer mais sopas. Nessa estação aparecem doenças mais crônicas e de difícil resolução.

A primavera (elemento madeira) traz o vento e a renovação. Devemos buscar novos relacionamentos e investir em novas ideias. As palavras para essa estação são “ousar” e  “inovar”! Cerejas, ameixas e pêssegos são comuns nessa estação. A primavera pede movimento e muita atividade física para renovar as energias.

Cada estação do ano tem a sua beleza, a sua magia. Respeitar as designações na natureza é respeitar a vida e sermos belamente recompensados com saúde e longevidade.

Alex da Silva Santos – Diretor do Centro Brasileiro de Acupuntura
E-mail: editorial@riofiqueligado.com.br