Teatro XP foi inaugurado com a apresentação de “A casa dos budas ditosos”

Imagem: ©  Murillo Tinoco / divulgação

A abertura do Teatro XP Investimentos movimentou a noite carioca na noite do último dia 12 de agosto.  Os sócios do espaço, Luiz Guilherme Niemeyer, João Luiz Niemeyer, João Guilherme Magalhães e André Toros foram os anfitriões do evento, que contou com a presença do Ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão  e de atores como Christiane Torloni, Thiago Fragoso, Eduardo Moscovis, Murilo Benício, Débora Falabella e, Leonardo Vieira. Coube a Fernanda Torres inaugurar o palco com a apresentação do espetáculo A casa dos budas ditosos, que fica em cartaz até o domingo, dia 20 de agosto.

“Foram dois anos longos de trabalho e dedicação. Hoje, devolvemos à Cidade Maravilhosa esse instrumento cultural tão importante num cenário tão complicado. A partir de agora, o Teatro XP Investimentos pertence a vocês!”, anunciou Luiz Guilherme Niemeyer.

Cristiane Torloni e Mario Monteiro. Imagem: ©  Murillo Tinoco / divulgação.

Ao fim da apresentação, Fernanda Torres chamou Domingos de Oliveira ao palco para homenageá-lo e festejou a abertura do novo espaço: “Esses meninos fizeram um loucura. Tiveram essa ideia pela cidade deles, que também é a minha. De recuperar esse espaço brilhante. Fizeram uma reforma extraordinária, um palco maravilhoso. Muito obrigada!”

Orçado em R$ 4,5 milhões, o projeto foi assinado por Mário Monteiro, diretor de cenografia da Rede Globo, e engloba um teatro moderno, com palco italiano de aproximadamente 60m², e quase o dobro de capacidade. São 366 lugares distribuídos em confortáveis poltronas que acomodarão plateias em espetáculos de artes cênicas e shows. No dia 13 de agosto, depois da apresentação de A casa dos budas ditosos, Sophie Charlotte e Caio Blat, entre outros atores, participaram da leitura dramatizada de Ultimatum, mais recente peça de Domingos de Oliveira. No dia 23 de agosto, haverá show do cantor e compositor Geraldo Azevedo, que marca o retorno do projeto A luz do solo aos palcos cariocas. No dia seguinte, é a vez de o saxofonista Leo Gandelman se apresentar no teatro. Já no dia 26, o premiado espetáculo infantil Pedro Malazarte e a arara gigante” entra em cartaz.