Count

Hirondina Joshua, poeta moçambicana, lança no Brasil “Os ângulos da casa”

O livro Os ângulos da casa, da poeta moçambicana Hirondina Joshua, marca a estreia da autora em nosso  país. Uma publicação da Editora Penalux, a obra traz texto de  apresentação do escritor Mia Couto e dialoga com diversos temas complexos, como sexualidade, afetividade e erotismo.

A “casa”, destacada na poesia, é representada pela escritora como o espaço psíquico, o interior e os sentimentos e os ângulos a maneira de pensar, de observar, o ponto de vista.

Para o escritor moçambicano Mia Couto, um dos autores atuais mais representativos na literatura africana, o estilo surrealista de Hirondina convida os leitores a um grande passeio poético. “Trata-se de uma visita a um cotidiano que sendo familiar nos é estranho, porque nele se fala o idioma a que ela chama de ‘a língua dos céus'”.

Para os editores Tonho França e Wilson Gorj, o valor da obra se encaixa no propósito da Penalux de investir na literatura de língua lusófona. “Essa é a segunda publicação oriundo do continente africano. A primeira foi o Gociante Patissa, autor de Angola. Nosso próximo passo é publicar um autor de Portugal. Algo que deve ocorrer em breve. “

Lembrando que o livro, de 84 páginas e tamanho 14x21cm, está à venda por 34 reais.

Sobre a autora

Hirondina Joshua, nascida em Maputo, em 1987, é uma poeta de destaque na nova geração de autores moçambicanos. Tem participação em várias antologias nacionais e estrangeiras e textos publicados em jornais e revistas de Moçambique, Portugal, Angola, Galiza e Brasil. Dentre as quais, destaca-se as revistas CalibanZunái,TriploVÒmniraCourrier des AfriquesAcrobataSirroseLiteratasSoletras.

Recebeu a menção extraordinária do Premio Mondiale di Poesia Nósside (Itália, edição 2014).