Count

Alimentos funcionais. Você já ouvir falar?

allgoodfoods

Você já ouviu falar em alimentos funcionais? Se não ouviu, provavelmente já encontrou ou provou em algum momento um alimento pertencente a essa classificação.

Alimentos funcionais são alimentos ou ingredientes que se caracterizam por oferecer benefícios à saúde, além do valor nutritivo inerente à sua composição química, podendo desempenhar um papel potencialmente vantajoso na redução do risco de algumas doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, obesidade, câncer e doenças cardiovasculares.

O diferencial de um alimento funcional para um alimento comum são os componentes bioativossucos encontrados. Na alimentação funcional, usamos os alimentos como agentes terapêuticos que, através de seus componentes, irão auxiliar na cura e prevenção de doenças.

Porém, para nos beneficiarmos dos alimentos funcionais, é necessário que o seu consumo seja regular e que tenhamos uma dieta equilibrada.

Confira abaixo os principais benefícios de alguns alimentos funcionais para o organismo:

Soja e derivados — Contêm isoflavonas, que possuem ação estrogênica (reduzem os sintomas da menopausa), e diminuem o  risco de doenças cardiovasculares.

Tomate, pimentão, goiaba e melancia Contêm o licopeno, que atua como antioxidante e na redução do risco de doenças cardiovasculares. Auxilia também na proteção contra o câncer (especialmente de próstata).

Couve flor, repolho, brócolis, couve de bruxelas e rabanete — Aumentam a atividade de enzimas que combatem a formação de células cancerígenas.

alimentacaosaudavelCasca de uva, vinho tinto e maçãs — Auxiliam na redução de doenças cardiovasculares, evitam a formação de coágulos e reduzem inflamações.

Cereais integrais, leguminosas, hortaliças com talos e frutas com casca — Reduzem o risco de câncer de cólon e melhoram o funcionamento intestinal. Podem também ajudar no controle da glicemia e no tratamento da obesidade, pois dão maior saciedade;

Peixes marinhos como sardinha, salmão, atum, anchova, arenque etc — Ricos em ômega 3, que auxilia na redução do LDL (colesterol) e com ação anti-inflamatória.

Chá verde, cerejas, amoras, framboesas, mirtilo, uva roxa, vinho tinto — Reduzem a incidência de certos tipos de câncer e  o colesterol e também estimulam o sistema imunológico.


Karine Almirão Ferreira — CRN 4-15100909
Formada em nutrição e fisioterapia, tem especialização em acupuntura e dermatologia funcional. É mestranda em nutrição e dietética.
E-mail: editorial@riofiqueligado.com.br. Instagram: @karinealmirao.