Mostra da cineasta argentina Lucrecia Martel no Instituto Moreira Salles

 Imagem: YouTube.

O Instituto Moreira Salles carioca apresenta, de 29 de março a 4 de abril, retrospectiva de Lucrecia Martel, uma das principais representantes do cinema argentino contemporâneo. São quatro filmes da cineasta, cujas obras costumam retratar uma classe média decadente, em constante atrito com as camadas mais pobres.

Em Zama, sua nova produção ‒ cuja estreia no circuito nacional ocorre na quinta, dia 29 de março ‒ o tema persiste, ainda que transposto para o período colonial. O filme é inspirado no romance homônimo do escritor argentino Antonio Di Benedetto, publicado em 1956. O livro narra a história de um funcionário da coroa espanhola que, alocado perto do Paraguai no fim do século XVIII, espera sua transferência para um destino melhor. Protagonizada por Daniel Giménez Cacho, Lola Dueñas e Matheus Nachtergaele, a obra foi feita em parceria com a produtora brasileira Bananeira Filmes.

Além de Zama, o público poderá conferir os três filmes anteriores da cineasta. O pântano (2001), seu primeiro longa-metragem, mostra os conflitos entre duas famílias no interior da Argentina. Já A menina santa (2004), retrata os dilemas da jovem católica Amália. A mulher sem cabeça (2008), por sua vez, conta a história de Verônica, uma mulher atormentada pela culpa de um atropelamento.

Programação

Dia 29 de março (Quinta)

  •  20:00 ‒ Zama, de Lucrecia Martel. Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, México, Portugal, 2017, 115min, 14 anos, DCP.

Dia 30 de março (Sexta)

  • 16:00 Zama, de Lucrecia Martel. Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, México, Portugal, 2017, 115min, 14 anos, DCP.
  • 18:10 ‒ O pântano, de Lucrecia Martel. Argentina, Espanha, França, Japão, 2001, 103min, 14 anos, 35mm.
  • 20:00 A menina santa, de Lucrecia Martel. Argentina, 2004, 106min, 14 anos, 35mm.

Dia 31 de março (Sábado)

  • 20:00 ‒ Zama, de Lucrecia Martel. Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, México, Portugal, 2017, 115min, 14 anos, DCP.

Dia 1º de abril (Domingo)

  • 16:00 ‒ Zama, de Lucrecia Martel. Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, México, Portugal, 2017, 115min, 14 anos, DCP.
  • 18:10 ‒ A mulher sem cabeça, de Lucrecia Martel. Argentina, Espanha, França, 2007, 87min, 14 anos, digital.
  • 20:00 Zama, de Lucrecia Martel. Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, México, Portugal, 2017, 115min, 14 anos, DCP.

Dia 3 de abril (Terça)

  • 16:00 ‒ Zama, de Lucrecia Martel. Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, México, Portugal, 2017, 115min, 14 anos, DCP.
  • 18:10 ‒ O pântano, de Lucrecia Martel. Argentina, Espanha, França, Japão, 2001, 103min, 14 anos, 35mm.
  • 20:00 ‒ A menina santa, de Lucrecia Martel. Argentina, 2004, 106min, 14 anos, 35mm.

Dia 4 de abril (Quarta)

  • 18:10 ‒ A mulher sem cabeça, de Lucrecia Martel. Argentina, Espanha, França, 2007, 87min, 14 anos, digital.
  • 20:00 ‒ Zama, de Lucrecia Martel. Argentina, Brasil, Espanha, EUA, França, México, Portugal, 2017, 115min, 14 anos, DCP.

Entrada:

  • Zama ‒ Terça, quarta e quinta: R$ 20 (inteira) / R$ 10 (meia); sexta, sábado, domingo e feriados: R$ 26 (inteira) / R$ 13 (meia).
  • Demais filmes: R$ 8 (inteira) / R$ 4 (meia).

Meia-entrada: Professores da rede pública, estudantes, menores de 21 anos, maiores de 60 anos, portadores de HIV e aposentados por invalidez.
Cliente Itaú: Desconto para o titular ao comprar o ingresso com o cartão Itaú (crédito ou débito).

Ingressos e senhas sujeitos à lotação da sala.
Bilheteria: Ingressos são vendidos para sessões do mesmo dia e no site ingresso.com.
Devolução de ingressos: Em casos de cancelamento de sessões por problemas técnicos e por falta de energia elétrica, os ingressos serão devolvidos. A devolução de entradas adquiridas pelo ingresso.com será feita pelo site.

Capacidade: 113 lugares.

IMS Rio
Rua Marquês de São Vicente, 476 ‒ Gávea ‒ Rio de Janeiro
Tel.: 21 3284-7400