Perfil: iris Apfel

iris_apfel1

 “Não sou bonita nem nunca serei, mas isso não importa. Eu tenho algo muito melhor. Eu tenho estilo.”

Iris Apfel sempre esteve à frente de seu tempo. Em 1948, se casou e, na contramão do que até hoje dita a sociedade, ela e seu marido resolveram não ter filhos. Segundo ela, não é possível ter tudo e eles queriam realizar muitas coisas.

Uma das primeiras realizações foi abrir a Old World Weavers, empresa de tecidos que chegou a ser contratada por nove presidentes para realizar restaurações na Casa Branca.

Em suas viagens constantes para lugares distantes e exóticos, passou a adquirir peças únicas de decoração, que se tornaram objeto de desejo dos nova-iorquinos abastados e famosos, como Jacqueline Onassis e Greta Garbo. Assim, ela se profissionalizou na arte da decoração e passou a trazer contêineres abarrotados de objetos para o continente americano.

iris_apfel2

Dona de um senso estético apuradíssimo, também foi natural e incomum sua entrada no mundo da moda, pois ela não se tornou estilista. As combinações inusitadas, exageradas e cheias de informação de moda que desfilava com muita segurança pelas ruas atraiu olhares treinados. Em outras palavras, sua autenticidade a transformou em ícone de estilo.

iris_apfel3

 “Odeio quando as peças parecem combinadas, elas precisam parecer únicas.”

Tanto é assim que ela ─ e suas peças de roupa que mais se assemelham a tesouros de outras épocas ─ já foi tema de exposição realizada no Metropolitan Museum, em Nova York; assinou coleções de roupas em parceria com a gigante Macy’s, de maquiagem com a M.A.C. e, recentemente, ganhou um documentário maravilhoso (disponível no Netflix).

Para Iris, o céu é o limite!

Amanda Perrut
E-mail: editorial@riofiqueligado.com.br
Instagram: @amandaperrut