“Maquinações” – Arte, tecnologia e invenções no Oi Futuro

Imagem: “Balancos interafetivos”, de Lina Lopes e Giovanna Casimiro. Créditos: Divulgação.

O Centro Cultural Oi Futuro, no Flamengo, apresenta a exposição Maquinações Artistas, Máquinas e a invenção do cotidiano, em que 13 artistas e coletivos brasileiros e estrangeiros apostam mais na interação do que na interatividade, no analógico sobre o digital, na reutilização em vez do consumo e em soluções e técnicas acessíveis em contraponto às complexidades contemporâneas.

Com curadoria de Fred Paulino, designer e idealizador do conceito de Gambiologia (“ciência da gambiarra”), a mostra reflete sobre a criação e operação de máquinas por artistas que são também inventores de engenhocas e atuam na intersecção entre arte, ciência, tecnologia e vida. São criadores que transformam seus ateliês em oficinas, suas oficinas em laboratórios, seus laboratórios em extensão da vida.

Os nomes vão dos veteranos suíços Peter Fischli e David Weiss, passando pela mexicana Azucena Losana e pelo francês Zaven Paré, até os consagrados Guto Lacaz e Abraham Palatnik, ao lado dos artistas brasileiros Paulo Nenflídio, Lina Lopes, Giovanna Casimiro, Milton Marques, Daniel Herthel, Sara Lana, Leandro Lima, Gisella Mota e Ganso.

Abertura

A abertura da mostra, no dia 4 de junho, terá duas performances. O cineasta Neville D’Almeida irá apresentar Corpo Utópico em parceria com sua filha Sophia S.A. e com a artista mineira Juliana Porfírio. Já a artista-cineasta mexicana Azucena Losana, em  Luvina, manipula e projeta filmes de cinema ao vivo.

Azucena Losana , como parte da programação, irá ministrar oficina com a construção de projetores “precários” de slides, utilizando caixas de papelão e lentes de baixo custo.

“Teremos a ousadia de fazer uma exposição de arte e tecnologia que não conta com nenhum computador na galeria”, avisa Fred Paulino. “Independente da mídia utilizada, me interessa uma arte que seja sensível, esteticamente propositiva e, mesmo assim, suscite questões políticas, tecnológicas e sociais”, arremata.

Temporada: 5 de junho a 5 de agosto

Dias e horário: Terça a domingo ‒ 11h às 20h

Entrada gratuita

Censura: Livre

Agendamento de visitas para escolas e grupos: programaeducativo.oifuturo@gmail.com

Informações e inscrições para as oficinas, clique aqui.

Centro Cultural Oi Futuro
Rua Dois de Dezembro, 63 ‒ Nível 5
Flamengo ‒ Rio de Janeiro