Kelowna, a cidade mais inglesa do Canadá

Imagem: Porto de Kelowna. Créditos: Tourism Kelowna.

A cidade de Kelowna, na Columbia Britânica, é um dos locais mais ensolarados e quentes do Canadá, com temperatura média de verão de 35ºC e inverno leve (o que, para os padrões canadenses, significa temperatura média de -6ºC  de dezembro a janeiro).

Cercada por montanhas, praias com areia branca bem fina e inúmeros vinhedos, Kelowna está localizada no Okanagan Valley, a aproximadamente  três horas de carro de Vancouver e a 150 quilômetros da fronteira com os EUA.

Entre as diversas opções de lazer e turismo no Canadá, Kelowna se destaca pelo fato de ser uma cidade com maioria da população ‒ menos de 150 mil habitantes ‒ com inglês nativo. “A melhor coisa de Kelowna é que mais de 95% da população falam inglês como primeira língua. Isso é totalmente diferente de Vancouver, Toronto, Montreal ou Calgary, onde há muitos imigrantes e que não falam inglês”, explicou Dale Lockhart, professor da cidade.

A região do Okanagan Valley abrigava, há mais de 6 mil anos, as tribos indígenas Sylix e Okanagan, que desenvolveram atividade pesqueira e a agricultura. Os primeiros registros de europeus datam de 1859, com as missões religiosas. O nome Kelowa significa urso pardo na língua sylix e é uma referência aos esconderijos usados pelos brancos durante as guerras com os indíos pelo controle do vale.

Kelowna é considerada, por canadenses e turistas, como uma espécie de paraíso para quem gosta de vinhos. É um dos seus centros produtores no país, possuindo mais de 40 vinhedos com uma variedade de uvas, a exemplo da Merlot, a Gamay Noir e a Pinot Blanc. As vinhas fazem parte da história de Kelowna, que pode ser compreendida por meio de um passeio gratuito ao The Okanagan Wine and Orchard Museum, onde o turista  pode observar como era feita a produção artesanal e também fazer uma visita guiada.

Imagem: The Okanagan Wine and Orchard Museum. Fonte: TripExpert.

Se você prefere degustar, uma das melhores maneiras é passar um dia em um dos vinhedos.  São dezenas de opções e a maioria não paga entrada. Uma delas é Ancient Hill Estate Winery, uma fazenda ao Norte de Kelowna. Além de conhecer os vinhos e queijos produzidos na casa, o visitante pode fazer um  piquenique. É um convite para levar o almoço, escolher um dos vinhos e aproveitar o dia em uma paisagem deslumbrante.

Outra dica é ir até o Grizzli Winery, um vinhedo aberto para famílias e animais de pequeno porte. A especialidade do vinhedo é o “ice wine”,  vinho produzido a partir das uvas naturalmente congeladas por causa do inverno e opção para acompanhar sobremesas.

Já quem quer degustar e almoçar no mesmo local, a dica é o Gray Monk Estate Winery.  No vinhedo tradicional, a degustação custa 2 dólares cada e também não é cobrada a entrada.

Kelowna também oferece inúmeros campos de golfe e opções para caminhadas. Uma dica é o Myra Canyon Trestles, um passeio fantástico pelas montanhas de Kelowna que pode ser feito a pé ou de bicicleta.

Uma outra opção é o  Christie Falls, uma trilha com cachoeiras e piscinas naturais.

“Uma das coisas de que gosto aqui é que Kelowna é uma cidade para o dia. As pessoas gostam de se divertir na água, nas cachoeiras e praias. A mais famosa é a Boyce-Gyro Beach”, afirmou Mariana Ortiz, engenheira carioca de 27 anos e que estudou inglês em Kelowna.

Gostaram das dicas e desejam saber mais informações sobre Kewlona, como chegar e planejar uma viagem? Acessem o site Tourism Kelowna e façam uma boa viagem!  Não estarão sozinhos. A  cidade, segundo Dale Lockhart, é o destino número 1 de canadenses aposentados em busca de uma vida tranquila em um dos lugares mais bonitos do país.  Além disso, recebe mais de uma milhão e meio de visitantes anualmente. A Família Real britânica mesma incluiu a cidade em seu roteiro de viagem, quando de sua visita ao país, em setembro de 2016.

Volto em breve com mais dicas de lazer e turismo daqui do Canadá.

Rosane Rodrigues ‒ Jornalista com mestrado em Relações Internacionais e especialização em Economia, pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou na TVE (atual EBC), TV Record, Rede TV, consultora consultora de Educação Internacional. Rosane faz parte do time de embaixadores do Language Portal of Canada, do time dos Embaixadores de Montreal e é  também secretaria de Comunicação do Conselho de Cidadania junto ao Consulado -Geral do Brasil em Montreal.
E-mail: editorial@riofiqueligado.com.br.  Instagram: @rosanerodriguesbrasil