Count

Festival International de Jazz de Montréal – O maior festival de jazz do mundo

O Festival International de Jazz de Montréal é muito mais do que uma opção musical. É uma maratona com o melhor do jazz, da música, de vários cantos do planeta. O festival acontece de  28 de junho a 8 de julho e chega à sua 38ª edição com uma programação gigantesca  em vários pontos da cidade. Entre os mais de 500 shows de jazz, de blues, de rock, de reggae, de world music e de música eletrônica, a maioria tem entrada gratuita.  Criado em 1979, o evento é tradicional  e considerado pelo Guiness Book como o maior festival de jazz do mundo. Em 2016, mais de 2 milhões de pessoas participaram e, para este ano,  a expectativa da organização é que o público seja ainda maior.

A música brasileira tem destaque na programação do festival. O guitarrista Paulo Ramos (vídeo em destaque) abre o evento no Le Bateau-Mouche, um barco que empreende um minitour ao redor da ilha de Montreal, com um show de samba e MPB. O ingresso, que inclui jantar e serviços, sai por 155 dólares por pessoa. A programação também inclui a pianista canadense Marianne Trudel  em um show brasileiro em homenagem a Tom Jobim, no dia 2 de julho, no Dièse Onze,  A entrada é franca. No dia 3,  é a noite do Bixiga 70 , banda de São Paulo com 10 músicos e que toca afrobeat, jazz e funk com batida brasileira. A mistura de estilos é para não deixar ninguém parado no TD Stage da Place des Festivals com shows de graça em dois horários, às 21 horas e às 23 horas.

Daniel Jobim (vídeo em destaque) e John Pizzarelli fazem um show em homenagem à bossa nova, a Frank Sinatra e ao mestre Tom Jobim, avô de Daniel. O show Invitation no Gesù, Centre de créativité tem ingressos a partir de 64 dólares.  Para quem gosta de um sambinha, com mistura de funk e batidas, o show da cantora Flávia Coelho no Club Soda ,no dia 4 de julho, tem de estar na agenda. Dona de um voz suave, com ginga e com um belo rosto, a cantora brasileira promete fazer sucesso no Canadá com o álbum  Sonho Real. Imperdível!

Na cena internacional, uma das atrações do festival é Bob Dylan . O músico norte-americano, que já vendeu mais de 125 milhões de discos, vai fazer apresentação única no Centre Bell, em  30 de junho, com ingressos a partir de 62 dólares. O blues de Charles Bradley & His Extraordinaires, o saxofonista Ravi Coltrane (vídeo em destaque)  e o jovem talentoso Daniel Clarke Bouchard  são atrações para quem gosta de música e estilo. No festival, uma imensa discoteca no palco principal na praça do festival foi montada. É para dançar ao ar livre com shows de 24 músicos, cinco cantores, 35 dançarinos, mais efeitos visuais.

Se você gosta de cultura, não perca o festival de jazz de Montreal.

Volto em breve com mais dicas de turismo e cultura aqui do Canadá!


Rosane Rodrigues –
Jornalista com mestrado em Relações Internacionais e especialização em Economia, pela Fundação Getulio Vargas. Atuou na TVE (atual EBC), TV Record, Rede TV, SBT, TV Justiça e Agence France-Presse. Foi assessora de imprensa do Rio Fique Ligado por cinco anos, em sua fase blog. Atualmente, mora em Montreal, no Canadá, onde trabalha como assessora de imprensa/consultora internacional da  BLI, escola internacional de idiomas, e faz parte do time de embaixadores do Language Portal of Canada.
E-mail: editorial@riofiqueligado.com.br.  Instagram: @rosanerodriguesbrasil.