“Dona Encrenca, só muda o endereço”, com Bemvindo Sequeira, em cartaz no Teatro dos Grandes Atores

 Imagem: Divulgação

O ator Bemvindo Sequeira encontra-se em cartaz com o espetáculo de humor Dona Encrenca, só muda o endereço no Teatro dos Grandes Atores, na Barra da Tijuca.

Com texto e direção do próprio ator e produção de João Luís Azevedo, a montagem traz Bemvindo brincando com a relação marido e mulher por meio de situações corriqueiras, com as quais a plateia comumente se identifica ‒ a exemplo da mulher que conversa com o apresentador do telejornal e que comenta sobre a novela ao mesmo tempo em que os assiste ou ainda a que se queixa do desempenho do marido ao volante.

O ator reforça, no entanto, que o espetáculo nada tem de machista e que é uma homenagem à sua mulher, Dóia Sequeira. Segundo o ator, “é um brinde à alma e ao olhar da mulher, e brinca justamente com nossa limitação frente a elas. Nós homens fomos criados achando que somos os donos do mundo, mas na realidade elas são as donas da situação.”

O espetáculo foi idealizado a partir de um papo com um taxista durante uma corrida.

— Eu vinha contando casos sobre a minha mulher, e ele perguntou se eu andava dormindo com a mulher dele, pois ela era igualzinha, só mudava o endereço — diverte-se o ator. — A graça (do show) vem justamente porque são situações comuns à maioria dos casais, que riem e se cutucam, reconhecendo-se.

Com a leveza e a ingenuidade do humor tradicional, a peça, coloca Bemvindo, é indicada não só para casais, mas para toda a família que busca uma noite divertida.

— É diferente dos shows de stand up dessa nova geração de humoristas, que tem uma pegada mais americanizada, com tiradas muito rápidas. É um show contemporâneo, com situações atuais, mas com um humor clássico, da minha geração. Sou a relíquia do humor — brinca o ator, que , em 2017, completou 70 anos de idade e 51 de carreira.

Sobre Bemvindo Sequeira

Considerado um “dinossauro do humor”, Bemvindo é o único ‒ e o último ‒ dos humoristas antigos, a se apresentar nos palcos, atualmente. Alguns, como Costinha, Chico Anysio, Dercy Gonçalves, José Vasconcellos e Geraldo Alves, já faleceram. Outros, tais quais Jô Soares, Agildo Ribeiro, Berta Loran e Fafy Siqueira, não fazem mais shows solos.

A nova geração de humor ‒ Fabio Porchat, Paulo Gustavo, Marcos Veras, Marcelo Adnet, Leandro Hassum, Marcius Melhem, todos fãs do Bemvindo Sequeira ‒ é excelente, mas dotada de um humor diferente do que o ator vem fazendo ao longo de de mais de 50 anos de carreira.

Bemvindo Sequeira pode ser visto também na novela Bela Ventura da Rede Record, na pele do avarento Conde Páris,  e  na reprise, no Canal Viva,  na novela global Tieta (1989), em que ficou conhecido nacionalmente interpretando o personagem Bafo de Bode. O ator também se destacou pelo personagem Brasilino Roxo na Escolinha do Professor Raimundo (1993) e, em seguida, por Zebedeu na novela Mandacaru, da Rede Manchete,  em 1997.

Atualmente, o ator mantém seu canal do YouTube, o Sassarico do Bemvindo, com quase 100 mil seguidores:
https://www.youtube.com/channel/UCHkIWOyyMuYfWeXkRGJUSxA

Temporada: 9 de março a 1º de abril

Dias e horário: Sexta e sábado — 21h / Domingo ‒ 20h

Entrada: R$ 70 (sexta e domingo) / R$ 80 (sábado)

Bilheteria:  Terça a domingo — 15h às 20h

Duração: 60 minutos

Classificação: 14 anos

Teatro dos Grandes Atores
Av. das Américas, 3.900 — Barra Square Shopping Center
Barra da Tijuca – Rio de Janeiro
}Tel.: 21 3325-1645