Count

Casamento sustentável: iniciando a vida a dois com o pé direito!

Imagem / Fonte: Casamento Sustentável

Maio é o Mês das Noivas e precede o Dia Internacional do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho. Em tempos de crise, é fundamental usar e abusar da criatividade para não fazer uma festa clichê, nem gastar rios de dinheiro desnecessariamente. Aplicar conceitos de sustentabilidade na festa de casamento é cada vez mais comum e não é coisa de “ecochatos”, mas de gente que entende que os recursos devem ser melhor aproveitados para evitar/minimizar desperdícios.  Além do mais, o evento não perde em bom gosto e sofisticação, ganhando um charme a mais com a mensagem de sensibilização dos convidados para as possibilidades ecologicamente corretas.

Aí vão algumas dicas:

Em primeiro lugar, a utilização de papéis reciclados para confecção dos itens de papelaria (convites, tags de lembranças etc) é fundamental. Existem no mercado diversas marcas de papel artesanal e industrial de alta qualidade, com texturas, cores e até pétalas e sementes férteis em sua composição, para serem plantados depois.

O vestido da noiva não precisa ser o último lançamento do seu estilista favorito. Há lojas especializadas que vendem/ alugam vestidos de  segunda mão, alguns nunca usados. Existe também a possibilidade de reformar o vestido de família, que foi da sua mãe e está aguardando a ocasião para renascer nas mãos de sua costureira de confiança.

Imagem / Fonte: Atitutes Sustentáveis

Roupas do noivo, padrinhos e madrinhas podem ser de algodão e linho ou de tecidos com fibra de PET reciclado. São ecológicas, confortáveis e de ótimo caimento.

Para a festa, dê prioridade a espaços ao ar livre, onde o evento possa acontecer durante o dia. Assim, economiza-se energia elétrica com iluminação e refrigeração do ambiente. Só não vale alterar a paisagem, como derrubar árvores e destruir vegetação rasteira para inserir peças da decoração – é esta que deve se adaptar ao local.

Decoração com flores desidratadas ou naturais e enfeites em frascos de vidro ou latas reaproveitados e decorados é sempre um grande charme. Se puderem virar lembranças para os convidados, então, o sucesso é garantido na mensagem de que plantas podem ser cultivadas em espaços pequenos e com facilidade.

Imagem / Fonte: seuevento. net

Servir comidas naturais e orgânicas na festa é uma possibilidade real hoje em dia. Existem diversos buffets que disponibilizam cardápios sofisticados deste tipo e até mesmo com aproveitamento integral de alimentos (folhas, talos e cascas), que não deixam a desejar mesmo para os paladares mais céticos e exigentes.

Busque fornecedores próximos, de sua região. Assim, você fomenta a economia local, gera trabalho/renda e circulação de capital.

Atenção: Gostou das dicas? Não as utilize por serem tendências de mercado. Se você desenvolveu a consciência de pertencimento, da responsabilidade por um ambiente mais saudável para todos, vá em frente, o céu é o limite para as possibilidades. A moda passa. Cabe a nós fazermos com que os bons hábitos se enraízem e deem frutos para uma sociedade mais justa e equilibrada.


Cynthia Souza — 
Gestora ambiental com MBA em Gerenciamento de Projetos pela Universidade Veiga de Almeida, atua há mais de 15 anos nos segmentos de Gerenciamento de Projetos, Gestão de Resíduos, Responsabilidade Socioambiental e Sustentabilidade. É palestrante e instrutora de oficinas para grandes clientes da indústria do estado do Rio de Janeiro, bem como condomínios comerciais e residenciais, além de instituições de ensino locais.
E-mail: editorial@riofiqueligado.com.br. Instagram: @cynthiassouzaconsult.